sábado, 7 de setembro de 2019

Ministra da Saúde Marta Temido visita pavilhão da ACCA

Marta Temido Ministra da Saúde, visitou o nosso pavilhão na FICABEIRA 2019




sexta-feira, 6 de setembro de 2019

A Associação presente na FICABEIRA / Feira do Mont’Alto 2019


Como anualmente acontece, a Associação de Combatentes do Concelho de Arganil esteve presente na FICABEIRA/Feira do Mont’Alto 2019.
Durante os quatro dias o stande foi visitado por muitos Combatentes e não só, admirando o espólio que ali estava patente.
No dia da abertura, tanto os autarcas locais – presidente da Câmara, Dr. Luís Paulo Costa, vice-presidente Dr.ª Paula Dinis, vereadores Eng. Luís Almeida e Dr.ª Érica Castanheira – Eng. Ricardo Pereira Alves (Presidente da Assembleia Municipal); presidente da Junta de Freguesia de Arganil (João Travassos), os vice-presidentes da Comissão Intermunicipal Região de Coimbra (Dr. Carlos Monteiro) e da CCDRC (Luís Caetano), quiseram partilhar a foto de família, para mais tarde recordar.

A Associação dos Combatentes do Concelho de Arganil esteve na Póvoa da Raposeira na homenagem a Armindo Antunes

No dia 11 de Agosto de 2019 a nossa Associação de Combatentes esteve na homenagem póstuma que a Liga de Melhoramentos daquela aldeia do concelho de Pampilhosa da Serra prestou a Armindo Antunes, um Combatente amigo da nossa Associação, e que por isso não podia deixar de estar presente, através do seu presidente da Direcção. Ao mesmo tempo foi bonito assistir também à inauguração de uma estrada que possibilitou à comunidade local ter um acesso adequado aos novos tempos. 
Como sempre, o amigo António Antunes, presidente da Liga e combatente também, teve para com a nossa Associação palavras elogiosas por estarmos presentes, o que não podíamos deixar de o fazer, tendo em linha de conta de que a pessoa homenageada era um grande amigo, que «deu tanto por esta terra e pelos amigos», como referiu o amigo António.

terça-feira, 3 de setembro de 2019

A Associação de Combatentes sente a perda e um grande amigo: Dr. Francisco Travassos Cortez

Não é só a comunidade arganilense que ficou chocada com a morte do seu conterrâneo Dr. Francisco José Travassos Cortez, ocorrida na sexta-feira, dia 16 de Agosto 2019, no Hospital Francisco Xavier, em Lisboa, após doença súbita e por isso muitos arganilenses se deslocaram a Coimbra, para acenar o último adeus ao seu amigo, onde esteve representada a nossa Associação, com diversos dirigentes.
É que o Dr. Francisco Travassos era uma figura muito estimada em Arganil, onde nascera e a nossa Associação tinha nele um grande conceito de amizade. Todos os anos, particularmente no dia 15 de Agosto, no Mont’Alto, não faltava na nossa barraca, para saborear, com as filhas, a boa sopinha (como dizia) e uma febra. E como não gostava de comer a sopa em pratos plásticos, a Associação até tinha comprado umas taças, a fim de ir ao encontro da vontade do nosso amigo, pensando que este ano estaria presente. Afinal, infelizmente, tal não aconteceu.

sexta-feira, 26 de julho de 2019

Combatentes em «prova» em mais uma caminhada


A Associação de Combatentes do Concelho de Arganil, de mãos dadas com sócios e amigos(as), realizou mais uma caminhada, que teve lugar na manhã do dia 7 de Julho / 2019, num percurso que deu para perceber que a maior parte ainda se encontra em forma (fisicamente), o mesmo acontecendo com os estômagos, que no final da prova demonstraram que o apetite é forte, com o saboreio de uma boa sardinhada, que acabou por ser o começo de uma tarde bem passada, onde o convívio, sobretudo, é uma forma de estar já habitual desta casa, onde todos se sentem bem, como tem o condão de receber bem quem de longe nos visita.

 




E para ilustrar a notícia, vão algumas fotos que ilustram melhor e… «ao vivo», os dois eventos.







terça-feira, 25 de junho de 2019

Convívio da CCS 608 e CC606 do BC608


Convívio da CCS 608 e CC 606 do BC 608, destacada para Cabo Delgado entre FEV.1964 a maio de 1966, respondeu ao toque no dia 22.06.2019 em Arganil, para abraçar, recordar homenagear os que faleceram em combate, do concelho de Arganil e todos que defenderam a bandeira NACIONAL.




Na ASSOCIAÇÃO DOS EX.COMBATENTES DE ARGANIL foram brindados com o espólio de material exposto seguindo um brinde de boas vindas, um minuto de silêncio em homenagem aos falecidos do concelho, seguindo em caravana ao Mont'Alto para o brinde e almoço.
As fotos registaram alguns momentos para reflexão.
 
 




Do COSTA PEREIRA E CARVALHO um FORTE ABRAÇO.
ATÉ PARA O ANO.

quinta-feira, 6 de junho de 2019

quinta-feira, 23 de maio de 2019

Arganil tem uma riqueza, um tesouro.


Arganil tem uma riqueza, um tesouro, entre outros, os Ex-combatentes de África, homens que deram a vida pela Pátria, e que no cumprimento do seu dever alguns não voltaram às suas mães e esposas, e outros vieram com deficiências para sempre. Domingo estiveram em Convívio, eles, os que se salvaram, com as esposas na sede para o "mata-bicho" e para soltar os sentimentos daqueles tempos, de tanto suor e lágrimas, de sacrifício, de agradecimentos, do dever cumprido e apoio aos mais carentes. No Monumento, à rotunda, Evocaram os seus mortos, honrando as suas memórias, os seus nomes e as suas terras... Momentos que nos levam às lágrimas pelo uníssono do grito "Presente" ! É pelo grito dos comandos "mamã". As flores depostas de várias Associações Combatentes, desde Vila do Conde à Região Centro foram um marco! Cerimónias que muito nos honram e dignificam. Em seguida o almoço no Mont'Alto pelo "Pallatho". Está de parabéns a Associação Combatentes de Arganil, pela excelente iniciativa e organização. Força e coragem para continuarem.

Texto de Maria Julieta Mateus

















domingo, 28 de abril de 2019

José Augusto Dias – Prisioneiro de Guerra


José Augusto Dias nasceu no dia 7 de Dezembro de 1934 em Aldeia das Dez, filho de Manuel Augusto Dias e de Maria da Piedade Silva. Incorporado na Marinha de Guerra Portuguesa, fazia parte da guarnição do NRP Afonso de Albuquerque que estava em missão no Porto de Mormugão, em Goa, quando foi invadida pela União Indiana, no dia 18 de Dezembro de 1961. Não se renderam e entraram num combate desigual contra vários navios de guerra Indianos. Aprisionados, foram levados para o Alfa Detenou´s Camp em Pondá, na União Indiana, onde as condições eram péssimas e tinham de trabalhar. Contou-me que um dia, ao regressarem dos trabalhos forçados, o motorista Indiano, a pretexto de fazer as necessidades, parou o camião num declive mal travado. Valeu-lhes a agilidade do “Arganil”, que saltou para o volante e o travou. O “Arganil” era o Fernando Vasconcelos (Fernando “Marinheiro”), que também fazia parte da guarnição do NRP Afonso de Albuquerque. No dia 19 de Março de 1962 esteve em frente de um pelotão de fuzilamento com os outros prisioneiros devido a uma tentativa de fuga de três militares portugueses, valendo-lhe na altura a ousadia do Capelão Ferreira da Silva que evitou um banho de sangue. Libertado no 6 de Maio de 1962 foi levado, no dia seguinte, para Karachi, no Paquistão, onde embarcou no navio português Vera Cruz, que zarpou a 9 de Maio rumo a Lisboa via Canal do Suez, onde chegou a 22 de Maio de 1962.

"Carlos Dinis - Histórias da Minha Aldeia das Dez "

quinta-feira, 18 de abril de 2019

quarta-feira, 17 de abril de 2019